fbpx

A felicidade pode ser uma estratégia para os negócios?

  1. Início
  2. Artigos
  3. A felicidade pode ser uma estratégia para os negócios?

A felicidade pode ser uma estratégia para os negócios?

Você é feliz no trabalho? Um trabalho sem propósito não gera prazer e nem engajamento, nem felicidade e essas são condições básicas que as empresas devem incentivar no ambiente de trabalho.

Alinhar as expectativas entre funcionário e empresa é essencial, afinal, os resultados obtidos pelas pessoas estão ligados fortemente aos ambientes e às estratégias desenvolvidas pelas empresas. Portanto, para conseguir mais comprometimento e uma performance excelente das pessoas, os gestores precisam repensar as estratégias de gestão de suas equipes comerciais.

De acordo com Luiz Gaziri, consultor e professor na FAE Business School e na PUC-PR, pessoas que são felizes conseguem ser mais produtivas, criativas e se relacionam melhor com a pessoas.

Devido à falta de conhecimento científico dos brasileiros e de muitas corporações, não conseguem entender a importância da felicidade, enxergando-a como um capricho ou como algo fútil. Gaziri expõe que este fator é uma ideia errônea, pois estudos de renomados cientistas citam o bem-estar como um importante fator propulsor para o sucesso.

“Pessoas que são felizes vendem mais, ganham mais, têm melhores sistemas imunológicos, têm menos chances de sofrer com doença cardíaca, se relacionam melhor com as pessoas, têm melhores vidas conjugais e vivem mais”, diz o autor.

A felicidade do funcionário é um investimento para as organizações e isso é cobrado cada vez mais pelas novas gerações, construir um ambiente harmonioso e que motive seus colaboradores fará com que as empresas consigam dar um passo de extrema importância rumo ao sucesso.

Sobre o autor: Luiz Gaziri fez a escolha feliz de deixar a sua carreira de quinze anos como executivo para ensinar pessoas e empresas a aplicarem comprovações científicas nas mais variadas situações do seu dia a dia. Gaziri, além de ser o autor de A Incrível Ciências das Vendas, possui formações acadêmicas nos Estados Unidos, Inglaterra e Brasil, é professor de pós-graduação na PUC-PR, FAE Business School e ISAE/FGV. Também atua com consultorias, treinamentos e palestras corporativas, atendendo clientes como Armani Casa, Cyrela, Unimed, Arauco, SBT, Sicredi, Consórcio Iveco, entre outros dos mais variados portes e segmentos.

,
Post anterior
Brasileiro fez menos compras de itens básicos em 2018
Próximo post
As 5 dicas do dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu