fbpx

Delivery de itens de farmácia cresce 110% durante a pandemia

  1. Início
  2. Análise
  3. Delivery de itens de farmácia cresce 110% durante a pandemia

Delivery de itens de farmácia cresce 110% durante a pandemia

Mais de 60% das compras chegam à casa dos consumidores via entrega expressa

Com a evolução da pandemia e do isolamento social, as farmácias investem cada vez mais no ambiente digital e na entrega de seus produtos por meio de delivery, oferecendo agilidade, comodidade e mais segurança aos clientes. De acordo com o Farmácias APP, aplicativo de vendas online de itens de saúde e beleza, as compras com entrega rápida tiveram alta de 110% durante a pandemia. O levantamento compara os períodos de 08/12/2019 a 23/03 com 24/03 a 08/07/2020.

Hoje, 64% das vendas realizadas dentro da plataforma chegam à casa dos consumidores via delivery – as demais ainda são despachadas via Correios ou são retiradas em loja. “Mesmo com o isolamento social, o consumidor ainda pode comprar os itens de farmácias de maneira rápida e prática, sem precisar ir até a loja física e se expor aos riscos do vírus”, afirma Renata Morais, responsável pelo marketing do aplicativo.

Entre as regiões que mais compram nesta modalidade, o estado de São Paulo lidera o Top 5 de vendas durante a pandemia. A capital é a cidade que mais compra com entrega expressa, com 60,8% do total. Campinas, Carapicuíba, São Bernardo do Campo e Barueri completam a lista.

, , , , , , , ,
Post anterior
E-commerce brasileiro fatura 33 bi no segundo trimestre
Próximo post
Quarentena impulsiona varejo digital e consumidores fazem 132,6 milhões de compras online no primeiro semestre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu