fbpx

Vendas do e-commerce no Dia dos Pais têm crescimento de 127% no volume de pedidos

  1. Início
  2. Análise
  3. Vendas do e-commerce no Dia dos Pais têm crescimento de 127% no volume de pedidos

Vendas do e-commerce no Dia dos Pais têm crescimento de 127% no volume de pedidos

Por conta da pandemia da Covid-19, o e-commerce tem crescido em comparação ao varejo, tendo um volume de vendas no Dia dos Pais superior ao de 2019

O relatório Dia dos Pais 2020, realizado pela Social Miner, ClearSale e Octadesk, observou o comportamento de consumidores on-line entre os dias 11 de julho e 9 de agosto, visando estabelecer comparativos para determinar o desempenho da data comemorativo deste ano.

O difícil acesso ao varejo físico, decorrente do isolamento social pela pandemia de covid-19, resultou em um aumento expressivo das demandas nos e-commerces no período compreendido pela pesquisa. O crescimento no volume de pedidos chegou a 127% em comparação com o mesmo período de 2019.

Categorias de destaque

As categorias que mais se destacaram nas vendas do Dia dos Pais 2020 foram: Moda e Acessórios (19%), Beleza (18%), Eletrônicos e Informática (14%), Multicategoria (9%) e Casa e Construção (5%). De toda forma, há fatores que influenciam o comportamento do consumidor on-line. Moda e Acessórios, por exemplo, apesar de concentrar a maior parte das vendas, apresenta certos fatores limitantes, como a questão da numeração de roupas ou modelos que demandam uma pesquisa mais dedicada – principalmente por se tratar de um presente para o pai. Isso justifica o interesse por outras categorias mais promissoras, como Casa e Construção.

Vendas por região e ticket médio

A região Sudeste é líder nas vendas, responsável por 62% delas, seguida pela região Sul, que teve crescimento de 8,5% nas vendas em geral e 17% no Dia dos Pais 2020 em comparação a 2019. O Nordeste ficou com 13% do consumo e o Centro-Oeste, 6%.

Apesar de o ticket médio ter apresentado uma pequena queda (7%), passando de R$ 470 para R$ 439, o crescimento no volume total de pedidos (127%) foi suficiente para que o varejo digital alcançasse um faturamento superior a R$ 2,75 bilhões, o dobro do faturado no ano passado – levando em consideração as compras efetuadas apenas com cartão de crédito.

Os brasileiros estão cada vez mais acostumados às compras on-line, movimento que acabou sendo incentivado pela pandemia. O que ficou claro no Dia dos Pais 2020 é o quanto as vendas no e-commerce do país prosperaram. Os dados da Ebit | Nielsen, coletados entre 25 de julho e 8 de agosto, constataram uma alta de 41% no faturamento da data em relação ao mesmo período de 2019.

, , , ,
Post anterior
Maiores lojas virtuais no País alcançam 1,29 bilhão de acessos em julho e crescem 25% na pandemia
Próximo post
Número de lojas virtuais cresceu 40% em 2020 em decorrência da pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu