fbpx

E-commerce, atacarejo e lojas de desconto ganham participação de mercado globalmente

  1. Início
  2. Artigos
  3. E-commerce, atacarejo e lojas de desconto ganham participação de mercado globalmente

E-commerce, atacarejo e lojas de desconto ganham participação de mercado globalmente

Hipermercados e supermercados são ainda os canais de FMCG mais importantes

A Kantar Worldpanel, especialista global em comportamento do consumidor, lançou hoje seu mais recente relatório sobre o varejo, o “Winning Omnichannel: Encontrando crescimento no varejo reinventado”. A publicação revela que no ano passado 76% do crescimento do valor empregado em bens de consumo de alta rotatividade (FMCG) vieram de canais externos aos supermercados e hipermercados.

Os três canais que mais crescem no mundo são o e-commerce (+ 15%), as lojas de descontos (+ 5,2%) e o atacarejo (+4,4%), superando os hipermercados e supermercados, que continuam sendo os maiores canais, mas crescendo globalmente em ritmo mais lento (+ 0,8%).

A Kantar Worldpanel prevê que até 2020 15,3% dos produtos de FMCG serão vendidos pelos três canais que mais crescem. O comércio eletrônico será o canal de captação mais rápido em 2020, representando 7,2% da participação no mercado global, impulsionado pelo aumento da penetração da internet em mercados como a África e a Ásia.

Table 1: Global FMCG value share by channel

2015 2016 2017 Forecast 2020
Hypermarket & Supermarket 50.8% 49.8% 49.2% 48.4%
Discounters 5.1% 5.2% 5.3% 6.0%
Convenience 5.4% 5.5% 5.5% 5.8%
E-commerce 4.8% 5.4% 5.8% 7.2%
Traditional trade 18.5% 18.6% 18.4% 18.4%
Cash-and-carry 1.3% 1.6% 1.8% 2.1%
Others 14.1% 13.9% 14% 12.1%

Source: Kantar Worldpanel

Stéphane Roger, Diretora de Global Shopper e Varejo da Kantar Worldpanel, afirma: “O mercado global de FMCG está mais difícil do que nunca, crescendo apenas 1,9% em valor no ano passado, enquanto o produto interno bruto (PIB) registrou um crescimento de quase 4%. Além da média, o crescimento é fragmentado por causa do boom do comércio eletrônico e lojas de descontos e também por causa das dificuldades do hipermercado e supermercado. Os consumidores estão passando uma mensagem clara: eles querem conveniência e valor para o dinheiro. Na Kantar Worldpanel, prevemos que os gastos em supermercados e hipermercados caiam para 48,4% em 2020. Estratégias bem-sucedidas estão em entender melhor a nova dinâmica do canal em jogo e suas diferenças entre os países”.

A evolução do mercado global de FMCG

O mercado de FMCG globalmente cresceu 1,9% em 2017. Mercados menos maduros, como África, América Latina e Ásia, são os que crescem no ritmo mais rápido (8,8%, 7,3% e 4,3%, respectivamente). Em contraste, o mercado cresceu 2,2% na Europa Ocidental (influenciado pela inflação no Reino Unido no contexto Brexit) e nos Estados Unidos, o maior contribuinte para gastos com FMCG no mundo, viu um crescimento quase estável (+ 0,5%). A demanda está diminuindo por três razões principais: o crescimento da população está desacelerando, as pessoas geralmente estão reduzindo seus gastos com FMCG, comprando menos ou optando pela marca própria, e também estão comprando com menos frequência.

Table 2: FMCG annual value growth in 2017

2017 growth
Global +1.9%
Africa +8.8%
Asia +4.3%
Latin America +7.3%
USA +0.5%
Western Europe +2.2%

Source: Kantar Worldpanel, Europanel

Adaptando a estratégia de varejo aos compradores

Marcas que adaptam sua estratégia de varejo à evolução esperada dos canais em cada região terão mais possibilidades de sucesso. O comércio eletrônico continua crescendo rapidamente na Ásia, que já possui uma participação de mercado de 7,3%. As lojas de desconto são mais fortes na Europa, particularmente na Europa Oriental, onde detêm 27,4% das vendas de FMCG, e em partes da América Latina, como Colômbia (21%) e México (18,8%). Em contraste, em mercados como o Brasil o comércio moderno continua relativamente subdesenvolvido e o atacarejo está crescendo rapidamente, representando agora 10,6% das vendas.

Table 3: FMCG value share by channel (2017)

Modern trade Traditional and others E-commerce
Global 61.8% 31.8% 5.8%
Africa 76% 24%
Asia 51.8% 40.9% 7.3%
Latin America 55% 44.9% 0.1%
USA 88.2% 9.9% 1.9%
Western Europe 85.6% 8.8% 5.6%

Source: Kantar Worldpanel, Europanel

fonte: Kantar

, , , , , ,
Post anterior
World FinTechs Report 2018: futuro dos serviços financeiros está na colaboração entre FinTechs e instituições tradicionais
Próximo post
Brasil tem perto de 340 mil sites dedicados ao turismo, boa parte deles preparada para o mobile commerce

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu