fbpx

E-commerce brasileiro tem crescimento de 39,7% em junho

  1. Início
  2. Análise
  3. E-commerce brasileiro tem crescimento de 39,7% em junho

E-commerce brasileiro tem crescimento de 39,7% em junho

E-commerce brasileiro tem crescimento de 39,7% em junho, mas desacelera ritmo; Turismo cresce pela primeira vez

Segundo estudo da consultoria Conversion, movimentação no mês caiu 6,29% em comparação à maio, devido a sazonalidade e reabertura de lojas físicas

A pandemia trouxe um grande crescimento para as vendas online. É o que aponta levantamento da Conversion, consultoria de SEO e marketing de performance. O setor online cresceu 39,7% em junho na comparação com o momento anterior ao novo coronavírus.

“Com as medidas de quarentena, as pessoas passaram a ficar mais em casa e usaram a Internet para comprar”, explica Diego Ivo, CEO da Conversion. “Há um grande e irreversível movimento em prol do e-commerce, que está batendo recorde sobre recorde”, diz Ivo.

Por outro lado, quando se compara o mês de junho a maio, há uma leve queda de 6,28% no setor, que se deve a uma sazonalidade natural do mês (em maio há o Dia das Mães) e, possivelmente, ao início da reabertura de lojas físicas e shopping centers, ainda que parcialmente.

Turismo volta a crescer pela primeira vez

Outro dado que traz o levantamento da Conversion é que, pela primeira vez desde o início da pandemia, o setor de Turismo (que acumula perdas de 74%) voltou a crescer e acumulou ganhos de 28% em relação a maio.

Ainda é muito cedo, entretanto, para dizer que tudo está ótimo. Com a reabertura gradativa, Diego Ivo vê um novo normal: “com a volta, é claro que as pessoas não vão ficar só em casa, mas os novos hábitos, especialmente os de consumir online, foram fortalecidos”, prevê o executivo.

Crescimento de setores durante a pandemia (junho x fevereiro)

Crescimento de setores durante a pandemia (junho x fevereiro)

Crescimento de setores mensal em junho (junho x maio)

Crescimento de setores mensal em junho (junho x maio)

Ranking dos 50 principais sites de e-commerce (tráfego em milhões)

Ranking dos 50 principais sites de e-commerce (tráfego em milhões)

Metodologia

O levantamento foi realizado pela consultoria Conversion no dia 7 de julho de 2020, utilizando ferramentas de inteligência competitiva digital, tais como SimilarWeb e SEMRush. Os dados deste estudo se referem ao tráfego dos principais sites de e-commerce, que foram selecionados de acordo com o critério de, majoritariamente, ser transacional (ou seja, vender online).

, , , , , ,
Post anterior
Consumidores brasileiros estão mais dispostos a usar meios de pagamento eletrônicos
Próximo post
O que é e como analisar o site com Heatmap (Mapa de Calor)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu