fbpx

Com isolamento social, brasileiros aumentam compras on-line de itens para o “Do-It-Yourself”

  1. Início
  2. Análise
  3. Com isolamento social, brasileiros aumentam compras on-line de itens para o “Do-It-Yourself”

Com isolamento social, brasileiros aumentam compras on-line de itens para o “Do-It-Yourself”

De itens de jardinagem a removedores de esmalte, e-commerce registra aumento expressivo de produtos para colocar melhorar a aparência da casa ou o próprio look

Os brasileiros são criativos e isso não é segredo para ninguém. Dos memes que ganham repercussão instantânea aos diferentes prêmios de publicidade e propaganda vencidos anualmente, o talento para ousar é uma marca registrada do país. E, durante o isolamento social gerado pela COVID-19, é claro que esses consumidores estão aproveitando para colocar o atributo em jogo e pôr a “mão na massa” para reformar tanto a casa quanto a própria aparência.

Um levantamento realizado pelo Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, mostra que itens capazes de ajudar em tarefas “Do-It-Yourself” (DIY) tiveram aumento expressivo de vendas recentemente. O estudo compara o período de 24 de fevereiro a 29 de março deste ano ante 25 de fevereiro a 31 de março de 2019.

Ao analisar itens para a casa, é possível notar aumento expressivo nas vendas de Massa Acrílica (aumento de 692% nos pedidos realizados), Molduras de parede e teto (570%), Massa corrida e niveladora (+420%), Plantas, Flores e Sementes (+623%), Ferramentas de jardinagem (+402%). Já nos cuidados com a aparência, destacam-se as vendas de coloração para cabelo (que registraram incremento de 426% no número de pedidos realizados), removedores de esmalte (+563%) e loção pré-barba (+512%).

“Esses são itens que nos surpreenderam pelo aumento vertiginoso no volume de compras. Acreditamos que as pessoas devem continuar procurando por produtos que tragam alguma satisfação pessoal e que as ajudam a se manterem ocupadas durante o período de isolamento social”, destaca André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Para muitas pessoas, tanto cuidado também foi sinônimo de não deixar as comemorações de lado – afinal, os aniversários no período tiveram de ser celebrados, ainda que dentro de casa: as lembrancinhas para festas também registraram aumento expressivo no período, com aumento de 398% no número de compras.

“Continuaremos observando as mudanças no comportamento dos consumidores durante os próximos dias e acreditamos que esse período deve deixar marcas na forma como os brasileiros se relacionam com o e-commerce”, destaca Dias.

, , , , , , , ,
Post anterior
E-commerce cresce 64% e fatura R$ 3,2 bilhões durante a Páscoa
Próximo post
Isolamento social deixa consumidores brasileiros mais dispostos a usar os meios de pagamento eletrônicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu