fbpx

Os 7 principais indicadores para negócios de Receita Recorrente

  1. Início
  2. Artigos
  3. Os 7 principais indicadores para negócios de Receita Recorrente

Os 7 principais indicadores para negócios de Receita Recorrente

Saiba quais são os principais indicadores que você precisa prestar atenção para que seu negócio recorrente cresça.

1) Base de clientes ativos: representa a quantidade de pessoas que estão ativas na sua recorrência de todo mês em números absolutos. E atenção! Para conseguir ter esse indicador, você precisa ter definido de forma clara o que é um cliente ativo.

2) Monthly Recurring Revenue (MRR): ou Receita Recorrente Mensal, mede qual o total da receita que é recorrente, em números absolutos. Então, o foco é sempre aumentar e analisar a receita recorrente mensal.

3) Ticket Médio: é importante para conhecer o valor médio de uma assinatura de um cliente, e assim entender quanto um novo cliente paga, em média, por mês. O ideal é acompanhar esse indicador com intuito de aumentar essa média e trazer mais rentabilidade para o negócio.

4) Net Promoter Score (NPS): está relacionado com a satisfação do cliente com a sua empresa. É importante ter o valor desse indicador na palma da mão! Uma base de clientes ativos satisfeitos tem mais estabilidade e probabilidade de que a receita não tenha uma queda repentina.

5) Churn Rate: Esse indicador se refere a Taxa de Cancelamento, ela nos diz quantos por cento dos nossos clientes cancelaram em um mês. E possibilita saber se o negócio realmente cresceu, pois não adianta ter 10 novos clientes, se outros 10 cancelarem no mesmo mês.

6) Life Time Value (LTV): o Valor do Tempo de Vida nos diz quanto, em média, um cliente nos trará durante o seu tempo na empresa. Ao fechar uma venda você tem uma certa previsão média de quanto o cliente trará para sua empresa durante o tempo em que ele está ativo nela.

7) Custo de Aquisição de Cliente (CAC): mostra quanto se gasta para trazer um novo cliente. É calculado com base em quanto foi investido em marketing e vendas no mês e quantos clientes novos entraram naquele período. É importante que o valor do CAC seja, pelo menos, três vezes menor do que o LTV.

fonte: cloudez.io

, , ,
Post anterior
Cartilha orienta sobre como vender pela internet com segurança
Próximo post
Dia dos Pais faz e-commerce faturar R$ 6,2 bilhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.