fbpx

Pagamentos com cartões crescem 17% no 1º trimestre

  1. Início
  2. Análise
  3. Pagamentos com cartões crescem 17% no 1º trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no 1º trimestre

Volume transacionado com cartões já representa cerca de um quarto do PIB

As compras realizadas com cartões de crédito, débito e pré-pagos cresceram 17% no 1º trimestre de 2019, segundo dados da Abecs, associação que representa o setor de meios eletrônicos de pagamento. O crescimento no período veio em linha com o resultado projetado pela Abecs – entre 15% e 17% – para o ano de 2019.

Ao todo, os brasileiros movimentaram R$ 416 bilhões com cartões no trimestre, sendo R$ 260 bilhões (+17,8%) com cartões de crédito, R$ 152,5 bilhões (+15,1%) com cartões de débito e R$ 3,5 bilhões (+58,8%) com cartões pré-pagos. O volume transacionado com cartões equivale a quase um quarto (24,3%) do PIB (produto interno bruto) nacional do mesmo período. Há dez anos, no 1º trimestre de 2009, essa participação era de 11,4%.

Para efeito de comparação, enquanto cartões cresceram 17% no 1º trimestre, o consumo das famílias e o próprio PIB tiveram avanço nominal de 4,9% e 4,2%, respectivamente, no mesmo período. Isso mostra que os meios eletrônicos de pagamento vêm conquistando uma importância cada vez maior no dia a dia do brasileiro, nas relações de consumo e na economia do País.

Compras online

Segundo pesquisa da Abecs realizada pelo Datafolha, cresceu o número de pessoas que usam o cartão de crédito para compras online. Entre 2018 e 2019, subiu de 80% para 86% a fatia de clientes de e-commerce que usam o cartão de crédito em suas compras.

Também cresceu a preferência pelo uso do celular como plataforma de acesso ao e-commerce. No mesmo período, subiu de 58% para 68% o universo de pessoas que usam seu dispositivo móvel para a realização de compras pela internet. Em seguida, estão o computador tradicional (35%), o notebook (34%) e o tablet (4%).

Dados regionais

O uso dos cartões continua mais concentrado no Sudeste, que detém 60,9% de todo o volume movimentado. Em seguida estão Sul (15%), Nordeste (13%), Centro-Oeste (7,5%) e Norte (3,5%). O Sudeste também registrou o maior crescimento nacional em relação ao uso do cartão de crédito, com alta de 20%. Já o cartão de débito teve o avanço mais expressivo na região Norte, com 19%, reflexo do contínuo processo de inclusão financeira no País.

Ainda no 1º trimestre, as compras internacionais realizadas por brasileiros com cartão de crédito somaram R$ 8,4 bilhões, avanço de 5,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já os gastos de estrangeiros no Brasil com cartões cresceram 0,4%, chegando a R$ 4,9 bilhões.

Uso consciente

Em paralelo à popularização e ao crescimento dos meios eletrônicos de pagamento, é cada vez maior a parcela de brasileiros que usam o cartão de crédito de forma consciente. Segundo dados do Banco Central, o índice de inadimplência do cartão chegou a 5,8% em março, um dos menores índices da série histórica, iniciada em março de 2011.

De acordo com pesquisa da Abecs realizada pelo Datafolha, cerca de 90% dos consumidores pagam o valor integral da sua fatura e, portanto, não recorrem a nenhum tipo de financiamento. Apenas 4% usam o rotativo do cartão, que hoje corresponde a 0,8% de todo o volume de crédito financiado à pessoa física no Brasil.

, , , ,
Post anterior
Como evitar problemas judiciais no Ecommerce
Próximo post
Sete em cada dez consumidores utilizam smartphone para compras online, aponta estudo CNDL/SPC Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu